Um pequeno deslize que pode gerar uma grande dor de cabeça!


Empresas que estão considerando o processo de adequação à Lei Geral de Proteção de dados como uma despesa poderão ter uma grande dor de cabeça no futuro e pagar caro por suas decisões.


O grupo Americanas - que controla as marcas Submarino, Americanas, Sou Barato e Shoptime – teve os sites das Americanas e Submarino fora do ar por quase 5 dias, sob suspeita de um ataque hacker, o que derrubou as ações da empresa e a fez perder mais de R$ 3 bilhões em valor de mercado. O grupo informou em nota “Não há evidência de comprometimento das bases de dados. As equipes continuam mobilizadas, com todos os protocolos de segurança, e atuarão para a retomada integral no mais curto espaço de tempo. A companhia reforça que a segurança das informações é sua prioridade e que continuará mantendo mercado, clientes e parceiros atualizados.”


Se mesmo com todos os processos adequados à LGPD, com uma forte comunicação ao mercado e aos clientes/titulares o grupo arcou com um enorme prejuízo, imagina se não houvessem investido na adequação à Lei?

Um projeto de adequação à LGPD bem implementado pode evitar inúmeros problemas como vazamento de dados dos seus clientes, evitar que informações sejam acessadas indevidamente, disponibilização íntegra das informações quando necessário, a correta comunicação dos incidentes ao mercado e titulares entre outros.


E você, como está seu projeto de adequação à LGPD? Não quer ter uma dor de cabeça, né?!


#DPOCenter #LGPD #DPO #BankRisk